Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio
Rastrear minha compra
Frete GRÁTIS em pedidos acima de R$199 ❤️
19/09/2022

Como guardar as minhas semijóias?

Hoje em dia todas as mulheres possuem peças de semijóias em sua penteadeira, sejam elas de quais formatos for e a grande maioria delas têm dúvidas de como guardar essas peças.

A forma como você escolhe guardar suas semijóias, pode interferir diretamente na durabilidade delas, pois é preciso ter muito cuidado ao armazená-las para que elas continuem bonitas e brilhantes.

Procure sempre guardar suas semijóias em compartimentos, saquinhos de flanela, microfibra ou organza, o importante é mantê-las separadas para não embolar ou enroscar umas nas outras.

Embora não pareça ser algo importante, guardar suas semijóias de forma correta é uma ótima maneira de conservar suas peças sempre lindas.

Nesse artigo iremos mostrar como você pode organizá-las de forma que suas gavetas fiquem lindas e dinâmicas e suas peças estejam sempre lindas, brilhantes e prontas para uso.

 

O que são semijóias?

As semijóias são intermediarias entre as joias e as bijuterias. Elas podem ser folheadas ou banhadas a metais nobres como é o caso do ouro e da prata.

Essas peças são belas e possuem uma ótima durabilidade além é claro de terem um excelente custo x benefício.

As semijóias, por terem metais nobres em sua composição, têm garantia de fábrica e podem ser trocadas em casos de problemas e defeitos de fabricação.

Esse tipo de peça é ideal para quem deseja um produto com boa qualidade e durabilidade e com preço acessível. Além disso, existem semijóias lindas e com vários detalhes em outros materiais.

Como podemos observar, as semijóias são peças muito delicadas e possuem grande semelhança com as joias, sendo assim, é preciso ter alguns cuidados essenciais com elas.

Como mencionamos, existem basicamente dois tipos de semijóias as quais citaremos a seguir:

- Semijóias banhadas: essas peças passam por um processo de galvanoplastia, ou seja, elas passam por um banho de prata ou ouro para que tenham um aspecto lindo e uma ótima durabilidade. Esse banho é feito com a submersão intensa e duradoura das peças em metais nobres.

- Semijóias folheadas: nesses casos, as peças passam por um processo de folheamento ou chapeamento, ou seja, é utilizado apenas uma folha fina de metal sobre as peças. Depois do procedimento, a folha é prensada junto da base dessas peças para que a mesma fique aderida aos acessórios.

Imagem: Waufen

Como guardar suas semijóias de forma correta?

Agora que você já sabe o conceito de semijóias e quais os tipos existentes, precisa aprender algumas dicas e cuidados com suas peças para que elas possam ter uma durabilidade maior e consequentemente estar sempre lindas para serem usadas em qualquer momento.

Dentre as principais dicas que podemos citar para guardar suas semijóias de forma correta podemos citar as seguintes:

- Armazenar longe da umidade: as semijóias não podem ser mantidas em contato com a umidade, dessa forma, você deve armazená-las em locais secos e arejados.

- Divisórias de tecido: escolher locais que contenham divisórias de tecido é uma ótima maneira de guardar suas semijóias, pois o tecido ajuda a reter a umidade e dessa forma mantem as peças sempre secas e lindas.

Caso você more em regiões naturalmente úmidas, pode guardar suas semijóias em caixinhas de joias com pedaços de giz escolar dentro, pois o giz tem a capacidade de absorver a umidade.

- Saquinhos de tecidos: se você não tem as divisórias de tecido, pode confeccionar alguns saquinhos em tecidos macios como camurça, veludo ou cetim. Além da escolha do tecido, é muito importante que você opte por cores neutras para não correr o risco de manchar suas semijóias. Lembre-se de guardar as semijóias separadamente.

- Separe as semijóias: separar as semijóias por tipos é uma ótima maneira de conservar suas peças sempre lindas. Você pode escolher a melhor maneira de separá-las, desde que fique separadas e não embaracem umas nas outras.

- Guarde os brincos entrelaçados: os brincos do tipo TOP (que ficam justos na orelha) ou do tipo CLIC (sem tarraxa), podem ser guardados engatados uns aos outros. Para brincos de tarraxa do tipo borboleta, você pode optar por materiais para guardar como eva ou papelão ou pode usar botões grandes para fixá-los juntos.

- Painel de cortiça para brincos grandes: caso você queira deixar todos os brincos juntos e de maneira que seja fácil pegá-los, pode fazer um belíssimo painel de cortiça e fixa-los em do lado do outro.

- Divisórias para gavetas: caso você não tenha divisórias de tecido, pode optar por fazer algumas repartições em sua gaveta com material acrílico ou outro de sua preferência. Faça vários nichos para que possa separar todas as semijóias de acordo com seu tipo.

- Organização de colares: os colares podem ser organizados de diversas formas assim como as pulseiras. Para que você possa criar um método de organização eficaz, você só precisa ter criatividade.

Um método criativo e muito barato de organizar os colares e as pulseiras é guarda-los em canudos, colocando parte deles dentro do canudo e fechando-os.

Por estarem dentro do canudo, os colares não irão embaraçar e você terá maior facilidade no momento de escolher quais peças deseja usar no dia.

- Colares no cabide: outra forma eficiente de guardar seus colares e pulseiras são em cabides. O ideal é que o cabide seja de madeira para que você possa pregar ganchos ou preguinhos em toda sua extensão. Para usar é só você pendurar o cabide e pendurar os colares nos ganchos, pois dessa forma eles não se embaraçam e você otimiza muito espaço.

- Caixinhas de remédios: outra opção bastante eficaz de guardar suas semijóias são em caixinhas de remédios. Elas possuem compartimentos que são perfeitos para guardar peças pequenas como brincos, anéis e berloques.

Imagem: Waufen

Quais cuidados devo ter com minhas semijóias?

Agora que você já aprendeu como guardar suas semijóias, certamente deve estar se perguntando quais outros cuidados precisam ter para que elas tenham uma boa durabilidade e possam estar sempre belas e brilhantes.

Veja a seguir algumas dicas de como manter suas peças sempre bonitas além da maneira correta de guardá-las.

- Evite o contato com a água, pois os elementos existentes nela danificam a peça;

- Evite fazer atividades físicas com as semijóias, pois o suor possui elementos que também danificam a peça, fazendo com elas possam escurecer;

- Evite passar perfumes, cremes hidratantes e outros tipos de cosméticos sobre as semijóias pois esses produtos também danificam a durabilidade e brilho de suas peças;

- Evite expor as semijóias a produtos químicos;

- Evite banho de mar e de piscina, pois o sal e o cloro contidos na água são prejudiciais às semijóias;

- Limpe as semijóias sempre que usá-las para que você sempre tenha uma peça linda e brilhante;

- Faça da flanela sua maior aliada, para secar e polir quando a mesma for lavada de forma correta.

Como são as semijóias da Plush Acessórios?

As semijóias da Plush Acessórios são peças de altíssima qualidade que possuem banho com ouro 18k ou prata 925.

Elas possuem designer exclusivo e por esse motivo contam com certificado de garantia de 90 dias contra defeitos de fabricação.

Todas as peças da Plush Acessórios são perfeitas para seu dia a dia e você pode encontrar várias peças que combinam com cada ocasião da sua vida.

Dentre as semijóias fabricadas e vendidas pela Plush Acessórios podemos citar os famosos berloques (pingentes), brincos, colares e pulseiras.

A moda está sempre mudando, mas as semijóias são usadas pelas mulheres desde muitos anos e com o passar do tempo seu uso só irá aumentar.

Dessa forma, é de extrema importância conhecer todos os cuidados necessários com as semijóias para que você possa ter uma peça por muitos anos e conservá-las sempre bonitas e novas.